sábado, 21 de dezembro de 2013

Gestões de Fernando Haddad e Paulo Garcia preocupam caciques do PT e o Planalto com relação a 2014

Não é segredo para ninguém que a prioridade do PT é a reeleição de Dilma Rousseff e a manutenção do poder pelo partido. 

Um dos maiores temores do governo federal e dos caciques do PT são as influências negativas que gestões como as de Fernando Haddad em São Paulo e de Paulo Garcia em Goiânia, possa exercer em 2014 sobre as candidaturas da presidente Dilma Rousseff, que concorre à reeleição, de Alexandre Padilha, nome do PT para tentar governar o estado de São Paulo, e do possível aliado Petista em Goiás.

Tentar aumentar o IPTU de qualquer jeito, inclusive recorrendo a Justiça como fez o Prefeito de São Paulo, foi entendido pelos analistas como um tiro no pé as vésperas de uma eleição, ainda mais em duas capitais importantes no contexto petista. 

Uma definição simples dos próprios petistas é que a situação de momento é horrorosa para as pretensões do Partido.
Leia: Brasil 24/7
        Folha de S. Paulo

     

Seguidores